Top Ad unit 730 × 90

Image and video hosting by TinyPic

Últimas Notícias

Destaque

Veja como garantir a cesta junina por menos de R$ 100

Cem reais e muita sola de sapato. É o que o baiano precisa para comprar os itens da ceia de São João pelo menor valor possível. Com uma lista de 16 itens que não podem faltar na mesa dos tradicionais festejos juninos,confira os menores preços em seis supermercados e nas duas principais feiras da capital baiana. Somando todos os itens mais baratos encontrados, a ceia junina pode custar R$ 98,89.


Uma diferença de 47% em relação ao valor total  da cesta composta pelos mesmos produtos a preços mais caros, que chega a custar R$ 145,52 (veja no boxe abaixo). Na Feira de São Joaquim, o milho sai a R$ 0,40, caso o consumidor compre o cento por R$ 40.


No entanto, se o mesmo produto for comprado pela unidade, o valor sai mais em conta no GBarbosa, a partir de amanhã, quando será vendido por R$ 0,49. Outro produto que não pode faltar na lista de compras é o amendoim, cujo quilo custa R$ 6,99 no supermercado Mercantil Rodrigues.


Nas feiras, o produto é vendido no “latão amassado” - a maior medida - por R$ 20. Mas também é amendoim para comer até São Pedro. “A gente tem que baixar mesmo o preço pra ver se aumenta a procura, e negociar muito para não perder venda”, considera o feirante que trabalha em São Joaquim, Eder Diogo, que promete fazer qualquer negócio.


Para o consumidor, o que vale mesmo é preço. A aposentada Rosália Cardoso rodou a Feira de São Joaquim toda antes de achar o valor mais barato dos produtos que não podem faltar no São João.


"A gente veio de lá do início até o fim da feira procurando o valor mais em conta. Paguei R$ 30 por 50 espigas de milho. Saiu R$ 0,60 cada uma e conseguimos ainda uma quebra. Mas cheguei a encontrar a unidade da espiga por R$ 1. Varia bastante de uma barraca pra outra”, afirma Rosália.













CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR





Como o orçamento está no limite, ela ainda utilizou outra estratégia para economizar sem deixar que nenhum item falte à mesa na noite de São João. Com cada um dando uma parte, a aposentada estima que gastou 30% a menos do que gastaria se comprasse todos os produtos sozinha.


“Como o dinheiro está apertado, vim com meu pai, meu irmão e meu marido à feira e cada um comprou uma coisa. Um pagou o amendoim, outro vai comprar o coco e assim dá para garantir um São João bem animado. Gosto muito da festa e não abro mão de comemorar”, ressalta.


Aquecimento
Para não perder o cliente, os supermercados também estão apostando em promoções. No Gbarbosa, o preço do milho, que até hoje custa R$ 0,79 (unidade), vai cair quase a metade do valor nos próximos dias, com 38% de desconto. Por isso, o estoque do produto foi reforçado com 50 mil espigas.


"Em relação ao ano passado, o GBarbosa espera um aumento de 15% nas vendas de produtos sazonais para as festas juninas”, estima o diretor Comercial do supermercado, Márcio Santana. No Mercantil Rodrigues, as promoções vão se estender até o domingo.


"O item que terá o maior desconto é o aipim, que custa R$ 3,99, mas será comercializado por R$ 2,78 com desconto de 31%”, reforça o gerente da unidade do mercado em Lauro de Freitas, Luiz Maciel.


Especialista dá dicas para economizar na festa junina
Mesmo com os preços em queda, ainda dá para economizar mais e fazer render o dinheiro, principalmente para quem vai ficar na capital e montar o arraiá por aqui mesmo. Às vésperas do São João, para aqueles que quiserem comprar mais gastando menos, a dica é pesquisar.


"É bater perna mesmo nas feiras e supermercados e comparar onde o produto está mais barato”, recomenda a educadora financeira da Dsop Educação Financeira Meire Cardeal. Outra alternativa é juntar parentes e vizinhos para comprar em quantidade e reduzir o preço dos produtos.


A orientação vale também para barganhar um bom desconto na feira. “As compras em grupo sempre garantem uma economia muito significativa. Tem que chorar a ‘quebra’ e pedir o desconto”, acrescenta a especialista.


Foi justamente isso que fez a universitária Luana Souza, que deixou de viajar porque a grana apertou, mas para não passar o São João em branco reuniu 13 familiares para organizar uma festa em casa no dia 24. “Ia para Jequié, mas desisti porque a grana não deu. Como a gente vai ficar por aqui mesmo, combinamos de fazer uma festinha e cada um levar um prato de comida e uma bebida”, conta.


Por conta da estratégia, Luana vai gastar menos de R$ 50 com o rateio. “Fiquei com o bolo e o amendoim e gastei R$ 45. Vou levar uma caixa de latinha também porque gastei menos do que pensava. Saiu bem em conta”, comemora.



Fonte: Correio

Veja como garantir a cesta junina por menos de R$ 100 Reviewed by Gilson Menezes on terça-feira, junho 21, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados LFTV © 2017
Powered By Studio Q16

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.