Top Ad unit 730 × 90

Image and video hosting by TinyPic

Últimas Notícias

Destaque

Exonerado major que matou esposa dentro de escola

O major do Corpo de Bombeiros que invadiu uma escola no bairro de Castelo Branco, em Salvador, e assassinou a companheira, Sandra Denise Costa Alfonso, foi exonerado do cargo pelo governador Rui Costa. A decisão foi publicada na edição de terça-feira (17) do Diário Oficial da Bahia.

Valdiogenes Almeida Cruz Junior, de 45 anos, foi exonerado do cargo de Subcomandante de Grupamento,  do 3º Grupamento de Bombeiro Militar - Salvador, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.

O crime no dia 13 de maio deste ano, após o major invadir a Escola Esperança de Viver, onde Sandra Denise trabalhava como professora e vice-diretora. Depois de efetuar os disparos contra a esposa, o major fugiu do local do crime e, no início da noite, se apresentou à polícia.

Valdiogenes chegou ao DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa), por volta das 18h, onde entregou a arma que usou para matar a mulher, uma pistola ponto 40, de uso pessoal, com oito cartuchos intactos. Ele estava acompanhado por dois oficiais do Corpo de Bombeiros e dois advogados.

Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, pela morte de Sandra Denise, com quem estava casado há 21 anos. Sandra Denise tinha sinais de ferimento nas pernas, clavícula e região da cabeça.

Em depoimento, o major assumiu a autoria do homicídio e alegou que o crime foi motivado por ciúmes. Ele teria tido uma discussão conjugal com Sandra por causa de uma possível traição.

O major Valdiógenes ficará preso no Batalhão de Choque da Polícia Militar, em Lauro de Freitas, na RMS (região metropolitana de Salvador).

 

Fonte: R7

Foto: Record Bahia
Exonerado major que matou esposa dentro de escola Reviewed by Gilson Menezes on segunda-feira, maio 30, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário:

Todos os direitos reservados LFTV © 2017
Powered By Studio Q16

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.